Quarta capa: por que a capa original de um livro nem sempre é utilizada?


Olá, Booklovers!


Hoje é dia de mais um Quarta Capa, a nossa coluna quinzenal sobre mercado e produção editorial. Oba!

O assunto de hoje é algo que mexe muito com o coração do leitor: a capa do livro.


Obviamente, a capa de um livro é o primeiro contato do leitor com a obra e quando se trata de publicação de autores estrangeiros (principalmente de romances), algo que as editoras ouvem muito dos leitores é: mantenham a capa original!

Nem sempre isso é possível. Existem vários motivos para que uma editora opte por não usar a capa original, como preferência editorial ou o fato de que certas capas não são comercialmente atraentes para o mercado brasileiro. Em certas ocasiões, o próprio autor requisita que as capas sejam diferentes.


Mas na coluna de hoje, vamos nos concentrar nas duas questões mais importantes para que não se use a capa original de um livro:


Você sabia que imagens, fontes e capas possuem direito autoral? Assim como o texto do autor é protegido pela lei de direito autoral, as capas de livro também são. Isso engloba fontes, fotos usadas e o trabalho do capista que a desenvolveu. Em muitos casos, os direitos da capa não são do autor, mas sim do designer e para que ela possa ser usada pela editora que adquiriu os direitos da obra (seja no Brasil ou em outro país), é necessário que o capista autorize essa utilização e adaptação para o idioma local.



Além disso, certos bancos de imagem e fotógrafos limitam a utilização da foto por tiragem ou tipo de publicação. Por exemplo, o autor tem autorização para usar aquela foto apenas para e-book ou na venda de um número x de livros físicos. Alguns podem inclusive exigir que a cada edição publicada, a foto seja licenciada novamente, estabelecendo novas exigências para essa publicação.


Nos EUA, também é muito comum que os autores contratem ensaios fotográficos exclusivos para a capa de seus livros. Existe fotógrafos e modelos especializados nesse mercado e quando o autor os contrata, é necessário que estabeleçam em contrato a possibilidade da utilização dessa(s) foto(s) para publicação em outros idiomas.


Com tudo isso em mente, chegamos à segunda questão problemática relacionada ao uso das capas: o custo.

Quando o autor possui os direitos de imagem e capa, fica bem tranquilo para a editora fazer as adaptações para o português. Basta que haja uma concordância entre autor e editora. Mas quando é necessário licenciar a foto ou contratar o designer que a criou, é necessário levar algumas coisas em consideração.

Em boa parte dos casos, os capistas estrangeiros só autorizam a utilização da capa original se a adaptação for feita por ele mesmo. Com isso, o profissional pode cobrar valores que variam entre 50 a 300 dólares (algo em torno de R$260,00 a R$1500,00) só para fazer as adaptações para outro idioma. Se ele considerar que o trabalho equivale a uma nova capa, o valor pode chegar até 1000 dólares (cerca de R$ 5000,00). Como as capas no Brasil tem um formato diferente das capas americanas, que não possuem orelha, a grande maioria considera como um design novo.



Se a foto usada for de algum banco de imagens especial ou de modelo e fotógrafo contratados, os valores ficam ainda mais altos. Uma foto de um famoso banco de imagens de época, por exemplo, custa em torno de 750 dólares (cerca de R$ 3750,00), dependendo dos formatos e tiragens do livro. Fotos de modelos exclusivos podem custar entre 500 a 5000 dólares (R$2575,00 a R$25.750,00 respectivamente).


Por se tratar de negociações em dólar, nem sempre esse investimento é viável para a editora que está publicando, tendo em vista que ela tem outros custos envolvidos na produção do livro, como tradução, copidesque, diagramação, entre outros.

Viu como existem muitas variáveis sobre essa questão? Portanto, se aquele livro que você deseja muito não for lançado no Brasil com a capa original, não fique triste. Alguma (até mais de uma) situação acima pode ter acontecido para que a editora optasse pela modificação.


Além disso, o Brasil tem uma série de capistas muito talentosos, com trabalhos incríveis e capacidade de criar algo único para os leitores brasileiros.


Com relação aos livros da Editora Bookmarks, tenham certeza de que a cada livro lançado, seja com a capa original ou não, estamos trabalhando com muito carinho para que o livro fique lindo para os nossos Booklovers <3


Você sabia de todo esse processo? Conta pra gente a sua opinião!


Ah! E se tiver alguma dúvida específica sobre mercado ou produção editorial, manda pra gente. Quem sabe a sua dúvida não aparece por aqui? ;)


Até a próxima!

2 visualizações
Assine nossa newsletter

© 2020 por Editora Bookmarks

contato@editorabookmarks.com | Caixa Postal: 1037 - CEP 13500-972 - SP